Bizarro: como “ressuscitar” uma bateria de notebook usando um congelador

879789

Fonte: WikiHow

É comum nos depararmos com algumas bizarrices e técnicas sinistras de manutenção de computadores. Na tentativa de resolver um problema mais complicado que o normal, muitas pessoas inventam métodos criativos (e alguns até funcionam!) usando itens do dia-a-dia.

No que diz respeito à tentativa de “ressuscitar” baterias de notebooks, alguns consumidores inventaram uma forma interessante de fazer isso: utilizando um congelador. É isso mesmo: quando a vida útil da sua bateria de íon-lítio acaba, é possível esfriar a temperatura dela e depois “esquentá-la novamente” para conseguir recuperar pelo menos um pouco da capacidade de carga elétrica.

Sendo assim, antes de comprar uma peça nova na loja da bringIT e de descartar sua bateria antiga, você pode tentar ganhar alguns “últimos suspiros” usando um freezer. No entanto, fica o alerta: isso não é garantido e você pode danificar sua bateria!

Veja como funciona esse processo inusitado:

  1. Sem o carregador estar conectado ao notebook, retire cuidadosamente sua bateria (antes da retirada, não se esqueça de destravá-la caso haja travas de segurança);
  2. Em seguida, enrole-a em um jornal ou em um saco plástico lacrado. Certifique-se de que nenhum conector esteja exposto, pois a umidade pode danificar ou até estragar completamente o equipamento;
  3. Coloque a bateria no freezer;
  4. Deixe-a no congelador durante o período que você puder (de 12 horas a uma semana, dependendo da potência do seu eletrodoméstico), mas tome cuidado para não congelar sua bateria;
  5. Após esse período, retire a bateria (ainda embalada) e deixe-a “esquentando” em temperatura ambiente;
  6. Enquanto isso, passe um pano na bateria para acabar com quaisquer traços de umidade (a bateria precisa ficar completamente seca);
  7. Coloque a bateria — já seca e em temperatura ambiente — novamente no seu notebook;
  8. Sem ligar o computador, conecte o carregador e carregue a bateria ao máximo possível. Certas pessoas recomendam carregar a bateria e descarregá-la completamente de 3 a 4 vezes antes de finalmente testá-la;
  9. Com o máximo de carga possível, ligue o seu notebook e confira o resultado.

Eis um vídeo que ilustra bem a técnica:

Observações importantes:

  • Muitos relatos indicam que esse processo não funciona para baterias antigas de níquel-cádmio.
  • Nunca faça isso com baterias novas ou seminovas. É bom ter certeza de que a sua bateria está realmente “morta” antes de levá-la para fazer companhia às suas pizzas congeladas.

Fontes: WikiHow, WikiHow (2), LifeHacker, Chemistry, Battery Center Blog

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Especialista bringIT

Sobre Especialista bringIT

Especializado em manutenção de notebooks e baterias
Adicionar a favoritos link permanente.